Com a Vales e a Xença


E-mail this post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Quando os ouvi dizer, ontem à noite, que eu não podia ir para a escola hoje, porque ainda estava adoentada, confesso que comecei a esfregar as mãos de contente: iupiiiii, um dia inteiro em casa só para mim. Só quando o toininho do meu pai se ofereceu para ficar cá em casa a tomar conta de mim (mas estes gajos não entendem que eu já tomo bem conta do recado?) é que eu pensei logo para comigo: está o caldo entornado!

Imaginei logo grandes festas, não é? Telefonar para o pipal lá da escola para aparecerem e tal, vermos grandes fitas com o Noddy, os Little People e outros assim, bebermos só daquele leite com sabor a morango, comermos altas gulodices, etc. Cenas fixes, portanto!

Mas o meu pai.....

Adiante.

Ainda assim acabou por ser curtido. Pus o meu velho a fazer de educador infantil para as minhas bonecas (na verdade o gajo nem para auxiliar de educação vale, ok? quanto mais para educador... tche, ele que tire o cavalinho da chuva), brinquei com uns livros bem bacanos dos Little People, vi bué filmes do Noddy - imaginem só que o puto até tem um avião, pá. ai, comecei logo a sonhar que o gajo me levava a dar uma voltaça aqui pelas praias da linha, uiiiiii! -, ainda passei um conhé pelas brasas (estava cansadota de ter andado ao pé coxinho e às cambalhotas), foi bacano.




O mais fixe foi ter comido sentada à janela. Estava por lá uma gata (táta, como eu gosto de dizer) e passei o tempo a fazer bsh-bsh-bsh-bsh para ela olhar para mim e a gaja, nada. Nicles, não me ligou peva. Ainda tentei abrir a janela para ver se a gata me ouvia, mas o cota estava muito careta e pôs-se logo a dizer que o frio e tal..... ai!, nem lhe dei ouvidos. Com os nervos comecei num berreiro.



Nem me digam nada.

Mas pronto, acabei o dia a ver cenas do Noddy na net, videos e fotos antigas. Foi uma espécie de matiné de cinema. Deu direito a petiscar cereais e tudo.



Isto, claro, apesar do meu pai andar sempre em cima de mim. É que não me largava a braguilha, o tanso.



7 Bocas foleiras que já me mandaram aqui neste post “Com a Vales e a Xença”

  1. Anonymous tia lenia 

    ó gaijita, tu vê se te pões boa, pá! o teu pai faz falta no escritório! e tu fazes falta na escola! e a tua mãe não pode estar preocupada contigo! ;-)

  2. Anonymous Karla 

    Ai Cuquinha, tás tão gira, pá :)

  3. Anonymous Claudia 

    :)) tenho que me rir

    mega lolollll

    está muito giro :)

    Muito beijinhos

    CC

  4. Anonymous Ana A. 

    Cena marada, a gata não te responder, pá!
    E o teu cota sempre em cima...realmente, chavala, tens de o pôr na linha!

    LOL

  5. Anonymous Cláudia 

    Cuquinha, depois de um dia inteiro com o pai de certeza que estás melhor. Livra! Quem não quer voltar logo para a escolinha, certo? ;o)

  6. Anonymous tia Rita 

    Olha Cuca, se a gata não te respondeu, a culpa foi do cota. E essa cena dele te plantar em frente do computador a ver se tu ficas quieta, é só para ele se poder amarfanhar ao sofá e ver os resumos todos da bola. Não te deixes enganar.
    Um beijo da tia

  7. Anonymous ana rute cavaco 

    ai o que eu me rio...

Vá, digam mal, digam.

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


Mas afinal quem sou eu?

  • Eu sou a Cuca,
  • Moro na Alapraia,

Previous posts

Coisas que eu já disse mas há já muito tempo

Outras pessoas que eu deixo morar lá em casa


ATOM 0.3